Tarantino copiou cenas de diversos filmes para criar os seus próprios. E não tem problema em admitir isso!

O diretor Quentin Tarantino não tem o menor problema em admitir que é um ladrão. “Eu roubo de todos os filmes que já foram feitos”, admitiu ele em uma entrevista. “Se o meu trabalho tem alguma coisas, é que eu tirei isso daqui e aquilo dali e misturei ambos” completou.

As “vítimas” dos roubos de Tarantino, são as mais diversas, indo de clássicos de Federico Fellini até desenhos animados. Não por coincidência, os dois volumes de “Kill Bill” tem cenas roubadas de filmes de Kung Fu e Faroeste.

O editor Jacob T. Swinney, reuniu uma série de cenas do filmes de toda a carreira de Tarantino e as colocou lado a lado com suas “inspirações”.

Veja aqui outros supercuts de Swinney.