As vezes os atores são perfeitos para o papel. Outras, nem tanto…

Quando lemos um livro é comum criar uma imagem mental de como seriam os personagens da história. Os autores se esforçam para, com palavras, retratar a aparência dos protagonistas. Essa descrição ajuda a mostrar a personalidade desses personagens e o seu desenvolvimento conforme a história segue.

Veja também: A semelhança entre cachorros e figuras literárias

É por causa disso que, às vezes, ficamos meio frustrados quando os livros são adaptados para o cinema. Nem sempre os atores retratam os personagens da forma como eles foram descritos nos livros.

O artista e cineasta Brian Joseph Davis usou um software usado para criar retratos falados para a polícia para criar imagens dos personagens conforme descritos por seus criadores.

A série, chamara “The Composites”, mostra o quão parecidos – ou não – são os personagens e os atroes escolhidos para representa-los. Por exemplo, Katniss Everdeen, heroína de “Jogos Vorazes”, é até bem parecida com Jennifer Lawrence. O mesmo ocorre com Tom Ripley e Matt Damon. Já no caso de Frankenstein, a representação não foi nada fiel, deixando a versão cinematográfica bem mais aterrorizante que a literária.

Retratos falados de Personagens_Addictable (1)

Tom Ripley, de “O talentoso Sr. Ripley”, escrito por Patricia Highsmith

Retratos falados de Personagens_Addictable (2)

Christian Grey, de “50 tons de cinza”, escrito por E. L. James Retratos falados de Personagens_Addictable (3)

Daisy Buchanan, de “O Grande Gatsby”, escrito por F. Scott Fitzgerald Retratos falados de Personagens_Addictable (4)

Conde Dracula, de “Dracula”, escrito por Bram Stoker Retratos falados de Personagens_Addictable (5)

Jack Torrance, de “O Iluminado”, escrito por Stephen King Retratos falados de Personagens_Addictable (6)

Javert, de “Os Miseráveis”, escrito por Victor Hugo Retratos falados de Personagens_Addictable (7)

Lisbeth Salander, de “Os Homens que não amavam as mulhers”, escrito por Stieg Larsson Retratos falados de Personagens_Addictable (8)

Lux Lisbon, de “As Virgens Suicidas”, escrito por Jeffrey Eugenides Retratos falados de Personagens_Addictable (9)

Marla Singer, de “Clube da Luta”, escrito por Chuck Palahniuk Retratos falados de Personagens_Addictable (10)

Annie Wilkes, de “Louca Obsessão”, escrito por Stephen King Retratos falados de Personagens_Addictable (11)

Norman Bates, de “Psicose”, escrito por Robert Bloch Retratos falados de Personagens_Addictable (12)

Katniss Everdeen, de “Jogos Vorazes”, escrito por Suzanne Collins Retratos falados de Personagens_Addictable (13)

O Monstro, de “Frankenstein”, escrito por Mary Wollstonecraft Shelley

Acompanhe o trabalho de Brian Joseph Davis no Tumblr do projeto.